Paradoxo da fome no Brasil

A pandemia, o abandono das políticas públicas de combate à fome e a grandedesigualdade social no país colocaram o Brasil novamente no mapa da fome em2019. Para fazer parte dessa triste estatística, um país precisa ter no mínimo 2,5%da população sem ter o que comer. Em 2021, já tínhamos 8,6 milhões de pessoasnessa situação, o que representa um total de 4,1% dos brasileiros.Paradoxalmente, no mesmo ano de 2021 o país produziu o suficiente paraalimentar 1,6 bilhão de pessoas. Como isso é possível e ainda assim ter tanta gentesofrendo por não ter o que comer no Brasil?

As razões são muitas: a pandemia de Covid-19 que impactou diretamente asfamílias mais pobres, que perderam seus empregos; a guerra entre Rússia eUcrânia, que afetou a produção e a distribuição mundial de alimentos e aindacontribuiu para o aumento da inflação. As questões políticas no país, asmudanças no clima do planeta e o desperdício na produção e no consumo dealimentos terminam por piorar ainda mais a situação.


Além disso, um dado alarma governos e pesquisadores da área: segundo dados
apresentados pelo Programa de Meio Ambiente da ONU, 17% dos alimentosproduzidos em 2021 foram perdidos ou desperdiçados. Recursos valiosos danatureza são utilizados para absolutamente nada. As perdas e desperdícios sãoresponsáveis por assustadores 10% das emissões de gases do efeito estufa,responsáveis pelo processo de mudança climática que temos vivenciado. Ou seja,é um ciclo que se retroalimenta e quem sofre é a população de baixa ounenhuma renda.

Além das medidas de fiscalização e controle que devem ser implementadas pelosórgãos públicos para coibir estes desperdícios, uma mudança de atitudedoméstica se faz urgente: as classes mais abastadas da população são as quemais desperdiçam alimentos em excelente estado. Isso acontece pelo mauplanejamento na compra e no preparo dos alimentos, e a falta de consciência dosmembros da família, uma vez que a fome para essa fatia da população é umassunto distante.

Nós do Banco de Alimentos buscamos incessantemente diminuir a dor dasfamílias que passam fome diariamente, através de iniciativas potentes das quaisvocê ou sua empresa podem fazer parte.

Clique aqui e saiba como ajudar e ser
um agente transformador dessa triste realidade em nosso país.

Outros Posts ONG BANCO DE ALIMENTOS

BANNER OBA – BLOG (3)

Plano Brasil Sem Fome

No dia 31/8 foi lançado o Plano Brasil Sem Fome, uma resposta do Governo Federal à volta do país ao mapa da fome da ONU e à dor dos 33…
BANNER OBA – BLOG (1)

O Rio Grande do Sul precisa de nós!

A equipe da ONG Banco de Alimentos está mobilizada com a ação SOS Rio Grande do Sul, para prestar apoio às vítimas do ciclone extratropical. O impacto dessa tempestade ocasionou…