ONG Banco de alimentos e Instituto Stop Hunger fazem ação na Brasilândia no combate do coronavírus

A ONG Banco de Alimentos e o Instituto Stop Hunger se uniram para ajudar aqueles que mais precisam na Brasilândia.

Mais de 260 mil habitantes da Vila Brasilândia vivem uma estarrecedora realidade em razão do Coronavírus, contabilizando um número significativo de vidas perdidas. Com emprego formal de apenas 4%, a comunidade sai em busca do pão de cada dia.

A meta é que consigamos entregar 10.000 cestas básicas através de créditos em cartões alimentação, no valor de R$100,00 cada, por três meses. A hora é agora pois a fome não pode esperar!

Confira a matéria completa no Estadão: Campanha quer entregar cartões de alimentação para 10 mil famílias na Brasilândia durante pandemia

Doe em: www.olegalpelabrasilandia.com.br

Clique na imagem e acesse a página da Campanha:

Outros Posts ONG BANCO DE ALIMENTOS

rony-meisle-e-alexandre-birman_1_33666

Estado de Minas – Gestão com propósito

Em entrevista ao jornal Estado de Minas (04/09), Rony Meisler, cofundador do Grupo Reserva e CEO da AR&Co, destaca o projeto 1P5P de combate à fome, desenvolvido com a ONG…
crianças

OBA e escolas juntas para um mundo mais sustentável.

 ONG Banco de Alimentos mobiliza crianças e jovens nas escolas para atividades relativas ao Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro.   811 milhões de pessoas vivem em estado…
EnglishPortuguese