OBA e escolas juntas para um mundo mais sustentável.

 ONG Banco de Alimentos mobiliza crianças e jovens nas escolas para atividades relativas ao Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro.

 

811 milhões de pessoas vivem em estado de insegurança alimentar no mundo, sem acesso a alimentos em quantidade e qualidade suficientes (FAO, 2020).

931 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas por ano no mundo -17% da produção total de alimentos (PNUMA e FAO, 2021).

125,2 milhões de brasileiros vivem em estado de insegurança alimentar. Entre eles, 33,1 milhões passam fome (insegurança alimentar grave) – (Rede Penssan, 2022).

27 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas em média por ano, no Brasil (ONU).

O Brasil é o décimo país que mais desperdiça alimentos no mundo (ranking da FAO/PNUMA e WRAP com 54 países, 2021)

 

Enquanto milhões passam fome, milhões desperdiçam alimentos próprios para o consumo, que são descartados. No Brasil, o desperdício acontece em toda a cadeia alimentar – 10% no campo; 50% no manuseio e transporte; 30% nas centrais de abastecimento; 10% nos supermercados e nas mãos dos consumidores (dados OBA e estimativa Embrapa).

A fome desperdiça também o potencial humano. Uma criança brasileira nascida em 2019 deve alcançar em média apenas 60% do seu capital humano potencial ao completar 18 anos (Banco Mundial, 2022). Falta educação, falta saúde, falta comida.

Juntos, nós podemos fazer a diferença

Para o Dia Mundial da Alimentação 2022, que acontece em 16 de outubro, a ONG Banco de Alimentos realiza um trabalho intenso de mobilização de crianças e jovens nas escolas, para levar conhecimento sobre o tamanho do desperdício e da fome no país, e engajar educadores e alunos na transformação desta realidade.

Ensinar, participar, transformar – acreditamos no potencial das novas gerações para a construção de um mundo sem desperdício e sem fome. Acreditamos que a fome só acabará quando mudarmos a nossa forma de estar no mundo.

Vamos levar atividades educativas para as escolas, adequadas às várias faixas etárias. Um espetáculo especial de circo unindo solidariedade e diversão irá despertar a consciência sobre o desperdício de alimentos e a fome; uma gincana social envolverá professores e alunos na arrecadação de alimentos para doação; os alunos poderão participar do processo de Colheita Urbana promovido pela ONG Banco de Alimentos; e muitas outras atividades estão previstas para o mês de outubro.

A ONG Banco de Alimentos, que há 24 anos combate a fome e o desperdício de alimentos no Brasil, quer que mais e mais pessoas abracem esta causa. Reduzir a perda e o desperdício de alimentos é uma missão essencial para erradicar a fome; é também um meio de fortalecer a sustentabilidade dos sistemas alimentares, reduzir as emissões de gases de efeito estufa e melhorar a saúde.

É urgente! Vamos nos unir e agir. Vamos promover uma forte conexão em rede e colocar a nossa inteligência coletiva em prática!

Outros Posts ONG BANCO DE ALIMENTOS

rony-meisle-e-alexandre-birman_1_33666

Estado de Minas – Gestão com propósito

Em entrevista ao jornal Estado de Minas (04/09), Rony Meisler, cofundador do Grupo Reserva e CEO da AR&Co, destaca o projeto 1P5P de combate à fome, desenvolvido com a ONG…
crianças

OBA e escolas juntas para um mundo mais sustentável.

 ONG Banco de Alimentos mobiliza crianças e jovens nas escolas para atividades relativas ao Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro.   811 milhões de pessoas vivem em estado…
EnglishPortuguese