ESTÉTICA DO DESPERDÍCIO

Como já falamos por aqui, a quantidade de comida desperdiçada em todo o mundo é assustadora. Somente nos Estados Unidos, onde 15% dos lares não têm acesso à quantidade de alimentos necessária para uma vida saudável, mais de 40% dos alimentos são jogados fora diariamente.

Inclusive foi lá que surgiu o movimento popularmente conhecido como “freegans”, de pessoas que lutam contra vários tipos de desperdício, inclusive de alimentos, através da recuperação do que é descartado, mas que ainda estaria em condições de uso ou consumo.

E quando a fotógrafa Aliza Eliazarov entrou em contato com esse universo, em 2011, foi atingida pela beleza imaculada destes alimentos. Foi quando teve a ideia de iniciar o projeto “Waste Not”, onde retrata a grande variedade de alimentos encontrados no lixo que, após fotografados, são entregues para os bancos de alimentos de Nova Iorque.

O resultado deste trabalho curioso – e de um tema urgente! – você confere abaixo:

 

Reprodução e imagens 

Outros Posts ONG BANCO DE ALIMENTOS

rony-meisle-e-alexandre-birman_1_33666

Estado de Minas – Gestão com propósito

Em entrevista ao jornal Estado de Minas (04/09), Rony Meisler, cofundador do Grupo Reserva e CEO da AR&Co, destaca o projeto 1P5P de combate à fome, desenvolvido com a ONG…
crianças

OBA e escolas juntas para um mundo mais sustentável.

 ONG Banco de Alimentos mobiliza crianças e jovens nas escolas para atividades relativas ao Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro.   811 milhões de pessoas vivem em estado…
EnglishPortuguese