ONG de combate à fome ajuda a diminuir o desperdício de comida no Brasil, um dos maiores do planeta

 

Segundo a Fundação Ellen MacArthur, 45% das emissões globais de carbono se devem ao  modo como se produz e se consome bens e alimentos. O Banco de Alimentos brasileiro atua nessa última e sensível ponta da produção nacional.

“Vivemos claramente um problema de cadeia. Somos grande produtores de alimento, grandes desperdiçadores de ingredientes de qualidade e vivemos em situação crescente de insegurança alimentar”, diz a economista Luciana Chinaglia Quintão, fundadora da ONG atuante desde 1998 no país.

Leia mais em: https://oespecialista.com.br/entenda-banco-de-alimentos/

EnglishPortuguese