ANISTIA INTERNACIONAL OFERECE CURSO ONLINE SOBRE DIREITOS HUMANOS GRATUITOS

Anistia Internacional oferece curso online sobre direitos humanos gratuito e em português

Formação apresenta direitos básicos e os relaciona com a vida cotidiana.

Por: Leonardo Valle

A Anistia Internacional lançou um curso gratuito, em português, chamado “Introdução aos Direitos Humanos”. O material ficará disponível por tempo indeterminado no site da organização, e os participantes possuem um período de um ano para assistir às aulas e realizar as atividades sugeridas. A formação acontece em uma plataforma virtual própria e oferece emissão de certificado ao fim das aulas.

Dividido em quatro módulos, o curso apresenta e descreve os direitos básicos de todos os seres humanos, tornando-os conhecidos para serem defendidos, além de relacioná-los com a vida cotidiana. Ele foi primeiramente testado entre os ativistas da rede da Anistia Internacional, antes de ser disponibilizado a todos os interessados no tema. O objetivo é desconstruir estereótipos relacionados aos direitos humanos e atingir, principalmente, educadores formais e informais em todo o país.

Direitos humanos são direitos e liberdades fundamentais em todas as partes do mundo. A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi escrita após a Segunda Guerra e aprovada 10 de dezembro de 1948 pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Ela estabelece 30 direitos, como liberdade de expressão e de manifestação, direito à educação inclusiva e de qualidade, direito a gozar do mais alto nível possível de saúde e direito à vida.

Na opinião de seis em cada dez brasileiros, “os direitos humanos apenas beneficiam pessoas que não os merecem, como criminosos e terroristas”. O dado é da pesquisa “Human Rights in 2018 – Global Advisor” realizada pelo Instituto Ipsos, no ano passado, em 28 países, incluindo o Brasil. Os brasileiros também estavam entre as nações que mais concordavam com a sentença “direitos humanos não significam nada no meu cotidiano” (28%), atrás apenas dos entrevistados da Arábia Saudita e da Índia.

REPRODUÇÃO

Outros Posts ONG BANCO DE ALIMENTOS

rony-meisle-e-alexandre-birman_1_33666

Estado de Minas – Gestão com propósito

Em entrevista ao jornal Estado de Minas (04/09), Rony Meisler, cofundador do Grupo Reserva e CEO da AR&Co, destaca o projeto 1P5P de combate à fome, desenvolvido com a ONG…
crianças

OBA e escolas juntas para um mundo mais sustentável.

 ONG Banco de Alimentos mobiliza crianças e jovens nas escolas para atividades relativas ao Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro.   811 milhões de pessoas vivem em estado…
EnglishPortuguese